RASTREADOR DE CARGAS
     
Digite o CPF do Destinatário
 
 



 
 
 
 

 
 
Justiça determina aumento do pedágio da Transolímpica a partir desta quinta
 

O valor vai passar de R$ 5,90 para R$ 6,60. Justiça concedeu liminar para concessionária que administra a via. Prefeitura é contra e disse que vai recorrer da decisão.

 

Quatro meses após o início da cobrança, o pedágio da Transolímpica vai ficar mais caro a partir desta quinta-feira (22). O valor vai passar de R$ 5,90 para R$ 6,60 por decisão da Justiça, que concedeu liminar favorável à concessionária Viário, uma das administradoras do corredor expresso.

De acordo com a empresa, esse valor já deveria estar sendo cobrado desde a inauguração da Transolímpica, mas não houve acordo com a prefeitura que era contra. O município informou que entrou com novo recurso na Justiça para impedir o aumento.

A via que liga o Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste, a Deodoro, Zona Norte, permite que o trajeto entre a Avenida Brasil e a Barra da Tijuca seja feito em 20 minutos.

A via expressa possui 26 quilômetros de extensão e conta com 18 terminais de BRT que atendem a população. A estimativa é que esse novo trajeto receba até 55 mil veículos diários e beneficie 70 mil passageiros de BRT por dia. A Transolímpica custou R$ 2,2 bilhões.

A Transolímpica faz ligação com a Transcarioca, em Curicica, e com a Transoeste, no Recreio dos Bandeirantes, além de ser integrada aos trens da SuperVia e futuramente à Transbrasil, em Deodoro. Com o nome de corredor Tancredo Neves, a Transolímpica, é um dos legados dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Moradores da região não pagam
A praça de pedágio principal da Transolímpica, em Sulacap, possui 14 raias para passagem de veículos, entre manuais, automáticas, mistas, exclusivas para motos e para BRT. Os moradores que residem em um raio de dois quilômetros das alças da Estrada do Rio Grande, onde também há cabines de pedágio, estão isentos da cobrança nestas alças, mediante um cadastramento.

 

O benefício pode ser adquirido no site da concessionária ou no posto de atendimento, na Estrada do Curumaú, número 180. A documentação necessária para o cadastramento é carteira de motorista válida; documento de identificação com foto; documento do veículo atualizado (2015) em nome do solicitante; e comprovante de residência em nome do proprietário do veículo.

   
Acesse Outras Notícias
 
28/12/2016 - Confira o que abre e o que fecha no recesso de Ano Novo no ES
 
23/12/2016 - Veja horários para evitar lentidão nas rodovias de SP no Natal e no Ano Novo
 
23/12/2016 - Radares são instalados em três rodovias estaduais em Araguari
 
23/12/2016 - Pedágio da Rodosol em Guarapari vai aumentar em janeiro
 
22/12/2016 - BR-050 no Triângulo Mineiro recebe operação especial de fim de ano
 
20/12/2016 - Trecho da BR-120 em Cataguases está em meia pista, alerta PMR
 
20/12/2016 - Governo do ES decreta ponto facultativo em 23 e 30 de dezembro
 
Visualizar lista completa